Carta de Agradecimento da Aluna Edivania de Moura Turma 2016

Carta de Agradecimento da Aluna Edivania de Moura Turma 2016
5 de setembro de 2016 Coordenação

É com muita gratidão ao nosso Deus que escrevo estas palavras. A EMAD é o meu Jardim Secreto, onde Deus é o Jardineiro e eu sou a árvore a ser plantada e cultivada. Aprendi neste período que para que se faça uma plantação, primeiro é necessário preparar a terra para que a mesma cresça com mais eficiência. Depois com a terra preparada, precisa escolher as mudas, e estas devem ser muito bem selecionadas, plantadas e cultivadas a fim de obter um belo resultado. Foi exatamente assim que esse excelente Jardineiro fez em minha vida. Antes de chegar neste Jardim (EMAD), ele precisou tratar a terra do meu coração, ou seja, curar minhas feridas para que chegasse aqui pronta para receber a gloriosa semente que é a doce presença do Espírito Santo. Todo dia fui visitada pelo Jardineiro e meticulosamente cuidada por ele. Foi necessário a irrigação, processo realizado diariamente pelo Espírito Santo, onde caso viesse a faltar, teria morrido espiritualmente. Foram necessárias algumas podas, pois a árvore para crescer, em alguns momentos precisa ser podada e retirado aquilo que impede seu desenvolvimento, até crescer e desabrochar, estando pronta para ser colhida. Logo está pronta para servir de alimento e saciar muitas vidas.

Aprendi qual o real sentido da palavra renúncia. Entendi que é muito fácil falar o “Eis me aqui”, mas quando nos deparamos com a situação, sentimos o peso dessa responsabilidade. Mas um peso, que não chega ser um fardo, pois Cristo mesmo disse que o Seu fardo é leve. Incrível como Cristo pode fazer um FARDO se tornar LEVE. Compreendi que quando renunciamos e entregamos nossas vidas para o nosso Deus, Ele se responsabiliza pelo restante, ou seja, nos ensina a viver totalmente em sua dependência. Neste Jardim Secreto, pude ver o cuidado de Deus nos mínimos detalhes da minha vida, até mesmo aqueles que pareciam tão insignificantes. Cristo me fez enxergar o quanto se preocupa e cuida daqueles que decidem se entregar por amor as almas perdidas.

Aprendi que a renúncia pode doer em alguns momentos. Renunciei sim, e muita coisa. Porém, não se comparam com os ganhos que obtive enquanto aqui neste lindo Jardim Secreto. Levarei comigo as amizades que construí. Uma linda família que se formou através do tempo, me fazendo descobrir coisas que eram necessárias para meu crescimento tanto como pessoa quanto para minha vida espiritual. Deus teve um imenso cuidado ao trabalhar em minha vida. Mexeu em cada detalhe do meu ser.

O mais lindo de toda preparação neste Jardim, foi que pude aprender a ouvir Deus falar. Aprender que há o tempo de se falar e o tempo de ouvir. Que privilégio ouvir a voz do meu Deus. E como diz no Salmo 40, que ainda se inclina para ouvir aquilo que queremos lhe falar.

Pude conhecer e sentir a presença do doce Espírito Santo tão real em minha vida, e entender que sentir a Presença dEle, é ficar no colo, estar segura, sentir seu amor e descobri que em seu colo posso chorar e ter a sua infinita graça. Que a sua presença está associada ao descanso, e além disso, que o Espírito Santo não está para nos acusar, mas sim, está dentro de nós para nos moldar a Imagem e Semelhança de Cristo.

As experiências vividas com este Deus tão Soberano, me proporcionaram além de uma maior preparação espiritual um amadurecimento como ser humano. Anseio sair pelo mundo ganhando vidas para o reino do meu Mestre e mostrar que existe um Deus verdadeiro que nos ama e quer nos levar para o céu. Há vidas que estão morrendo e se perdendo, e que precisam ter um encontro com este Deus que nos amou de maneira sublime e pura. E se for para sofrer que seja ao lado do meu Senhor, pois o sofrer e morrer para Cristo é ganho.

Imagem emad 1

Jardim – EMAD